O Processo Industrial da Cerveja

O processo da famosa cerveja é muito mais complexo do que conhecemos, existem diversas partes que percorrem desde a preparação até a embalagem. Basicamente a cerveja é composta por fones de amido em mosto, um líquido açucarado que é submetido à fermentação. As etapas principais são maltagem, brassagem, fervura, resfriamento, fermentação, condicionamento e embalagem.
A primeira etapa é a maltagem onde são preparados os grãos, que vai de acordo com a fonte de amido determinada (cevada, trigo, milho). Depois disso é necessário colocar de molho por 40 horas, e em seguida colocar em repouso por 5 dias, para que a secagem ocorra os grãos são expostos a altas temperaturas e assim os grãos se transformam no chamado “malte”.
Depois dessa etapas acontece a brassagem que é basicamente converter os amidos do malte em açúcares para a fermentação. As enzimas transformam os amidos em açúcares no processo de sacarificação, cujo é o mosto, líquido açucarado que é drenado. Antes da drenagem indica-se realizar um mashout: aumentar a temperatura até 75°C para desativar as enzimas.
    Com a fervura acontece a esterilização do mosto e assim é adicionado o lúpulo. Com isso acontece o coágulo das proteínas do mosto e diminui seu pH, tirando os sabores indesejados. Durando de 15 a 120 minutos e assim acontece a ebulição, e quanto mais esse processo acontece a cerveja fica mais amarga.
Ao final é opcional fazer o processo de clarificação da cerveja, com o resfriamento do mosto para a temperatura de fermentação, utilizando trocadores de calor. Após o resfriamento e oxigenação, acontece a fermentação do mosto. Essa fermentação pode acontecer em diversos tanques e precisa ser feita em ambiente sem oxigênio.
Para produzir o álcool, os açúcares e carboidratos do malte ficam na presença de leveduras e bactérias e o tempo de fermentação varia conforme a quantidade de teor alcoólico desejado. E depois da fermentação acontece o condicionamento que é nada mais nada menos que o envelhecimento da cerveja.
No final acontece a embalagem da cerveja, que podem ser em latas comuns, barris ou garrafas de vidro. A grande parte da cerveja passa por uma filtragem, assim que são embaladas, quando a maturação acontece e não fazem a filtragem a cerveja acaba ficando com restos de levedura e os consumidores podem sentir um gosto não muito agradável.


COMPARTILHAR:


Posts relacionados
Saiba mais sobre o processo da cerâmica!
Saiba mais sobre o processo da cerâmica!
Relacionamento com Clientes
Relacionamento com Clientes